O musical voltou!

Ao longo da vida de Johnny Cash, muitas pessoas se aproximaram dele com a ideia de montar um musical sobre sua vida. Mas, apenas a idéia de Bill Meade conseguiu convencer o Homem de Preto. Pouco antes de morrer, Johnny deu Bill os direitos de palco e assim foi possível transformar o projeto em realidade. 

O musical “Ring of Fire – The Johnny Cash Musical Show” foi montado pela primeira vez em 2006 na Broadway. Na época não fez muito sucesso. Porém, por conta dos 80 anos de Johnny Cash, ele está de volta. A peça estará em cartaz de 23 de março até 13 de maio, no Denver Center Theatre, em Denver, CO.

O diretor Richard Maltby Jr. recebeu de Bill uma pilha de CDs e livros de cerca de dois metros de altura. Foi aí que diretor chegou a duas conclusões: Primeiro, não dá para tentar colocar Johnny Cash no palco. O melhor que se poderia conseguir seria uma imitação pobre. Em segundo lugar, tão interessante como a vida de Johnny Cash era, dramatizá-la no palco só iria diminuir sua importância. Um filme poderia fazer isso. E, por sinal, Johnny & June: Walk the Line o fez muito bem.

Para Richard,  a biografia de Johnny Cash não era a história mais importante. A história para se contar era a de um homem, de origem simples, que sai de casa, busca o sucesso, enfrenta dificuldades, as supera e encontra o grande amor. E tudo isso está nas letras de Cash. De muitas maneiras, Johnny Cash escreveu e cantou sobre a vida de todos os americanos. A intenção é que, nesse musical, eles sintam-se atraídos de volta às suas raízes.

Abaixo, uma palhinha sobre o que esperar de “Ring of Fire – The Johnny Cash Musical Show”: