Merle Haggard

Hoje vou falar sobre outro grande músico que fez parte da vida de Johnny Cash: Merle Haggard, uma das lendas da música country.

Quando jovem, Merle sempre teve problemas com a polícia. Aos 14 anos, ele acabou preso por vadiagem e furto. Mas nada se compara ao que aconteceu em 1957. Após tentar roubar um bar, o jovem foi condenado a três anos na prisão estadual de San Quentin.

Entre as diversas experiências que Merle Haggard teve nesse período, uma delas foi musical. No Ano Novo de 1958, Merle pôde assistir de perto a um dos vários shows que Johnny Cash fez na penitenciária de San Quentin.

“Eu conheci Johnny em 1963, mas eu já tinha me impressionado com ele desde que eu o vi tocar na prisão de San Quentin, onde eu estava preso. Ele tinha perdido a voz na noite anterior, mas mesmo assim conseguiu ganhar todos os presos. Quando ele foi embora, todos nós nos tornamos fãs de Johnny Cash. Havia cinco mil detentos em San Quentin e cerca de 30 guitarristas, assim como eu”, disse Merle em entrevista à revista Rolling Stone.

Alguns anos depois, já livre, a carreira musical de Merle começou a decolar. Um certo dia, Johnny convidou o amigo para participar de um show que ele faria para a televisão. Enquanto discutiam sobre as músicas que iriam tocar juntos, o Homem de Preto disse: “Haggard, deixe-me dizer às pessoas que você já esteve na prisão. Vai ser a melhor coisa que vai acontecer na sua vida! Se você começar a dizer a verdade, os seus fãs nunca vão te esquecer”.

Merle, a princípio, foi contra. Ele tinha pavor de revelar seu passado. Para ele, ter sido um presidiário era algo muito vergonhoso. Porém, o cantor acabou seguindo o conselho de Cash  E, no fim das contas, Johnny estava realmente certo. Depois que o mundo soube sobre o passado de Merle Haggard, sua carreira “bombou”. Ele mesmo diz que esse episódio foi um divisor de águas para ele.

Confira, abaixo, um pouco da música de Merle Haggard: