Fã-clube

Precisamos reconhecer, Johnny Cash não é popular no Brasil. Sendo assim, não são tantos os fãs do cantor aqui no país do samba. Tanto que, ao que tudo indica, não existe nenhum fã-clube de Cash no Brasil.

Além disso, os fãs do Homem de Preto ainda sofrem um bocado para conseguir materiais oficiais do ídolo. E isso inclui álbuns, shows, entrevistas, documentários e biografias. Não há quase nada disponível no mercado nacional.

Mas, apesar de tudo isso, encontramos no orkut uma comunidade em homenagem a Johnny Cash com mais de 20 mil membros! Em Johnny Cash – Brasil, há links para download de músicas, informações e notícias sobre o Homem de Preto e os mais variados debates e discussões sobre o cantor norte-americano.

Como não podia ser diferente, o Senhor Cash resolveu entrevistar Wotson de Assis, de apenas 22 anos, que é o atual dono da comunidade. Confira!

Como você se tornou fã de Johnny Cash?

Em 2005, eu vi uma reportagem numa revista sobre o filme Johnny & June e fiquei com aquilo em mente. Mesmo assim, nunca me importei em ouvir as musicas de Cash. Porém, sempre que o via na televisão ficava impressionado. Então, em 2008, eu procurei saber mais dele. Pesquisei muito, baixei as musicas e procurei entender as letras para saber o que Cash queria transmitir nelas. Fui atrás também de alguns materiais e biografias. Pra mim fã é isso, é buscar saber sobre seu artista favorito, escutá-lo todo dia e ter a certeza que isso é o que você quer ouvir pro resto da sua vida.

De onde surgiu a ideia da comunidade?

Sou dono da comunidade há pouco mais de 4 meses. O antigo proprietário a cedeu pra mim, pois ele não era muito presente. Antes disso, eu sempre tentava mante-la “viva” postando, fazendo enquetes e perguntas. Foi aí que mudei a descrição da comunidade e assumi o comando. Uma coisa que sempre faço é mudar a foto – raras por sinal – da comunidade.

Na sua opinião, por quê não há quase nenhum material sobre Johnny Cash em português?

Cara, o recente estouro do Cash foi quando Johnny & June estreou nos cinemas e logo em seguida o álbum American V: Hundred Highways atingiu o topo da Billboard. O mundo vivia a febre do Johnny Cash novamente, a chamada Cashmania. O Brasil também estava incluso nisso, mas acontece que os brasileiros não gostavam de verdade do Cash. Era mais uma “modinha” de época. Por isso e outas questões o acervo em português do Cash é fraco. Recentemente, postei na comunidade uma notícia de que uma editora (Leya) vai traduzir sua autobiografia, o que já vai ajudar muito!

Onde você consegue boas informações sobre Cash?

Internet é a chave. Agora você tem que saber onde pesquisar. Entro muito em sites americanos e também mantenho contato com a familia e amigos do Cash,
pela internet, como sua filha Kathy Cash por exemplo. Assim, acabo ficando por dentro das últimas notícias.

Anúncios